quinta-feira, 17 de março de 2011

Escrivã corrupta sofre abuso Policial



    
Esse é um vídeo de enorme repercussão e bastante polêmico, onde delegado e policiais tentam coagir verbalmente a escrivã a entregar o dinheiro, e após escrivã se recusar a se despir diante os homens, passam para a força física,  deixando-a nua, onde acham dinheiro escondido na calcinha, supostamente aceito como propina pela escrivã.

É lamentável saber a atitude de ambas as partes no vídeo, pois deveriam ser pessoas de condutas integras em face de um sistema melhor. 

A polêmica se envolve não em atribuir merecimentos, mas sim a forma com que o delegado se impôs para fazer justiça, buscando-a a qualquer custo, custo esse ferindo a dignidade da escrivã, expondo-a vários outros policiais.

Contribua com o seu ponto de vista dando continuidade ao tema comentando aqui.

6 comentários:

  1. Infelizmente, um dos casos MAIS ABSURDOS que já pude ver no cenário da justiça.
    Sinceramente, creio eu ter sido umas das maiores aberrações cometidas por integrantes da Civil. Nada contra a Polícia Civil, diferente disso. Admiro muito por sinal o trabalho pr eles desempenhado, sendo que os mesmos contribuem muito na efetivação da justiça, fazendo a parte da investigação.

    Mas uma atitude dessa, sendo praticada por pessoas que buscam efetivar a justiça?

    Francamente, ato lamentável...

    ResponderExcluir
  2. Acredito que os Policiais buscaram a justiça a todo preço, a escrivã se resusa a retirar a calça pelo fato que realmente esta com proprina escondida na calcinha. No meu ponto de vista, os policias estao de parabens, nao por ter deixado-a nua mas sim pelo recolhimento das provas,caso contrario ela sairia impune.

    ResponderExcluir
  3. Esse vídeo é uma demonstração explícita do despreparo dessas pessoas para ocuparem cargos públicos tão importantes, de ambas as partes.
    Sim, os policiais precisavam da prova, e a escrivã jamais dissera que não o faria, apenas solicitava que isso fosse feito por policiais mulheres, o que não aconteceu. Lembrando que: no momento das próprias filmagens haviam duas policiais na sala.
    Outra coisa que me intriga: Como esse vídeo caiu na internet? Material investigativo assim, nas mãos de qualquer um? Ao que me consta isso deveria estar preservado, principalmente pelo seu conteúdo.
    Longe de mim defender a escrivã, só acho que ela deveria ser punida dentro da lei, não sob abuso de poder, sofrendo humilhação. O caso mudou o foco do crime cometido por ela, por conta da postura lamentável desses policiais diante da situação.
    Poderia ter sido um flagrante muito melhor executado se feito por pessoas mais capacitadas para tal ocupação.

    ResponderExcluir
  4. Meu parecer é que policiais e a escrivã estão errados, pois ambas as partes estavam interessadas em ficar com a grana, nesses casos o que resolveria e puni-los igualmente administrativamente, e se isso não resolver, borracha neles pois de bandidos disfarçados de policia a cadeia ta cheia, e nós temos que pagar para mantê-los lá...

    ResponderExcluir
  5. Toda vez que vejo esse vídeo, e não importando o número de vezes, fico MAIS INDIGNADO ainda.

    Corja de policiais. Será que agiriam da mesma forma com um traficante? ou com um homicida?

    Perco as contas da quantia de direitos violados que teve essa escrivã. Toda pessoa, que está inserida no âmbito do Direito, seja na área que for, aprendeu, ou pelo menos deveria, que NUNCA SE FAZ justiça com a próprias mãos; trata-se de um princípio. Uma coisa é a escrivã ter praticado os ilícitos que cometeu. Logo, outra coisa bem mais distinta, é agir da maneira, no mínimo repudiante, como referidos policiais se comportaram. Chego a sentir asco, toda vez que vejo isso. Sintomas de revolta.

    ResponderExcluir
  6. Lúcia Helena Royer29 de abril de 2011 13:00

    Simplesmente LAMENTÁVEL .
    Eu , como mulher , fico pasma com o despreparo das autoridades na hora de efetivar a prisão em flagrante .
    O corpo da moça não foi respeitado , nem com esse vídeo . Não quero entrar no mérito da prisão ou da revista , mas apenas quero ressaltar que os direitos dela deveriam assegurados . E se , num caso hipotético , a moça estivesse falando a verdade ? E se ela não estivesse com o dinheiro escondido no corpo ? É um ABSURDO que isso tenha acontecido dessa forma .

    ResponderExcluir